Que tal armazenar o malte e evitar o mofo e os terríveis bichos do malte (carunchos)?

Que tal armazenar o malte e evitar o mofo e os terríveis bichos do malte (carunchos)?

Cervejeiros e cervejeiras, talvez essa seja uma situação comum no dia-a-dia, uma experiência realmente triste. Algumas vezes quando compramos malte em grande quantidade seja para a nossa produção ou seja para dividir o preço e o frete com os nossos amigos cervejeiros um dos pontos mais importantes é como e de que maneira armazenar os grãos da melhor forma até a próxima levada?

 

A realidade sobre os problemas de armazenamento

O malte se caracteriza pela sua durabilidade, ou seja, você consegue armazenar por uma longo período de tempo podendo chegar até 1 ano mas seguindo as práticas certas e a maneira ideal.

O grande problema é para os cervejeiros caseiros que por muitas vezes não tem espaço suficiente ou aparatos para prosseguir de maneira correta acabam enfrentando diversos problemas.

Pode ficar tranquilo, vamos te ajudar durante todo esse processo. Esses são os problemas mais comuns:

Carunchos no malte (Bicho de malte)

O mal armazenamento do malte pode gerar a proliferação dos carunchos, bichos que apesar de serem 100% inofensivos aos seres humanos, eles se alimentam do amido dos grãos podendo acabar com kilos de maltes em apenas algumas semanas. Se você já teve esse problema sabe exatamente do que estou falando.

O que acontece é os grãos afetados com esses bichos perdem por completo o amido e dessa maneira a sua brasagem perde a eficiência.

Uma regra que pode ajudar a manter os seus grãos 100% saudáveis é manter-los em um local seco e fechado. Porém, isso para períodos muito longos talvez não seja o suficiente.
Como me proteger?

Quase todo o malte tem ovos de carunchos, esses ovos podem eclodir com o tempo. As soluções caseiras são maneiras de acabar com esses insetos.

Esses insetos são sensíveis tanto a baixas temperaturas quanto a altas temperaturas.

Os ovos de carunchos não vão eclodir se você colocar na geladeira/freezer completamente selado (evitando que a umidade entre).

Caso você já esteja enfrentando o ataque desses insetos em seu malte, uma solução pode ser a utilização do calor ao seu favor. Espalhe os grãos de malte em uma lona, deixe no sol por algumas horas ou utilizar o forno em uma temperatura baixa, pode ser uma saída, lembrando do cuidado que você deve ter para não alterar as propriedades do malte.

Malte mofado

Muito além dos carunchos os seus grãos podem mofar também.

Nesse caso não aconselhamos a utilização, o malte mofado pode gerar 2 graves consequências para a sua cerveja: Gushing ( o excesso de C02 na sua garrafa produzido pelo fungo ¨fusarium¨, muito perigoso pois pode gerar literalmente explosões) e um off-flavor um aroma de grama cortada.

Como resolver?

Tudo está na base da prevenção!

Malte mofado não tem muita solução, jogue fora e procure armazenar melhor os seus grãos nas próximas compras.

Escolha com cuidado o lugar que você irá guardar os grãos, procure sempre um lugar seco.

Secagem no sol não resolve todos os problemas mas ajuda na prevenção deles, mitigando os riscos de armazenamento prolongado.

Agora você pode acompanhar o nosso trabalho e tirar as suas dúvidas diretamente com a gente nas redes sociais ou entrando em contato diretamente com a gente.

Publicado em Deixe um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *